11/19/13

Instalação de luz na Espanha

Arturo Alvarez criou uma instalação de iluminação  na capela do “Hostal dos Reis Católicos”, em Santiago de Compostela, na Espanha. A escolha do cenário não poderia ser melhor. Arquitetônico e cheio de histórias, desde a Idade Média. Esta instalação de luz simboliza a felicidade depois de terminar o “Caminho de Santiago”, argumento que serviu para apresentar o vermute Nordesia.

interpam

interpam2

interpam3

11/12/13

Skylight

Skylight é uma instalação permanente desenvolvida para a KORO Public Art Norway, localizada no hall de entrada do Concert Hall New em Stavanger, Noruega.

inter

Visível a partir da praça pública adjacente, a instalação serve como um ‘farol de luz’ para o complexo. Quanto as condições atmosféricas da região, a Skylight emite uma série de padrões de luz de cor, contrastando dos tons luminosos misturados da aurora e do crepúsculo céu nórdico.

inter2

Concebida como um lustre invertido, a Skylight foi montada para iluminar a superfície interior da estrutura. Seu sistema de LED programável  mudar o brilho e cor,  produzindo padrões distintos durante as chamadas do teatro e intervalos.

inter4

A obra se baseia em um simples cilindro.A forma foi refinado de modo que quando está suspensa a partir dos seus dois pinos de apoio,  seu peso distribuído faz com que a estrutura se incline e alinhe com o ângulo de incidência do sol durante momentos importantes ao longo do ano.

 

 

09/25/13

Island Arbor X Christopher Puzio

O artista Christopher Puzio criou a Island Arbor, uma nova instalação de arte localizada no Farol de Tom Ham em Harbor Island em San Diego, Califórnia.

interpam2

A obra é composta de alumínio e pelo resultado, podemos ver uma “sobrecarga”, que proporciona sombra, mostrando um trabalho de figura convincente, graças a composição de uma forma que se fundiu com os suportes verticais do elemento sombreado horizontal em uma superfície contínua.

interpam3

09/17/13

Instalação luminosa

Essa instalação de luzes que remete a uma tempestade de raio foi desenvolvida pelo arquiteto japonês Sou Fujimoto. O projeto teve a colaboração do estúdio londrino United Visual Artists (UVA),  que possui um vasto domínio em estruturas interativas, com som e luz.

i

i4

A ideia da parceria surgiu para destacar o trabalho de Sou, que representa artisticamente a nuvem Cumulus. Em entrevista o estúdio UVA disse que a intervenção foi complexa, já que trabalha o visual e o invisível ao mesmo tempo. A harmonização da obra foi detalhadamente estudada para que respeitasse a inspiração.

i2

Uma trilha sonora foi feita a partir de componentes elétricos. Para responder ao tipo de atividade luminosa, cada fragmento de som foi categorizado e numerado, a fim de produzir um efeito de “random” e nada linear.

09/12/13

Transit Mantra

Os projetistas da KNOL Ontwerp criaram a Transit Mantra, uma instalação interativa de luz e som, na Holanda. Ela ressoa a energia dos nossos movimentos dos transeuntes na paisagem urbana. Agora a experiência de estar em fase de transição torna-se um momento agradável de reflexão.

interpam

interpam2

A simbiose do belo e seguro design, tem enriquecido o túnel Dutmala com esta luz interativa e escultura sonora. A instalação orienta ciclistas e pedestres através do túnel escuro.

interpam3

interpam4

Mais uma prova que a tecnologia pode ser inovadora e ao mesmo tempo funcional, já que é especialmente perceptível com a grande sensação de segurança. O rastro de luz da última pessoa no túnel permanece visível por um tempo, ajudando a trilha do próximo.

interpam5

Para o desenvolvimento e realização da instalação Transit Mantra, a KNOL cooperou com a Armada Janse (hardware) e a empresa de software Sioux.

09/6/13

Homage to the Lost Spaces

Esse trabalho lida com a memória urbana e arquitetônica através de espaços virtuais e ilusão de ótica. O responsável pelo projeto foi o artista Mike Hewson.

i9

i4

i5

O projeto ganhou o nome de Homage to the Lost Spaces (Homenagem aos Espaços Perdidos), que usa imagens de edifícios e casas da cidade de Christcurch, após sofrem um grande terremoto em 2011.

i6

i8

Curioso o trabalho, não?

09/4/13

ArtRio 2013: Natureza Amplificada: Arte + Ciência da Forma, Flexibilidade + Liberdade

Amanhã começa a ArtRio e com ela, uma mostra curiosa, é a Natureza Amplificada: Arte + Ciência da Forma, Flexibilidade + Liberdade. Essa mostra,  promovida pela Nike, mostrará obras de artistas brasileiros, como Gisela Motta & Leandro Lima, do estúdio inglês Universal Everything e dos italianos Quayola + Sinigaglia.

A exposição tem como intuito mostrar as formas do corpo e da natureza através da tecnologia na arte, com obras que usam o diálogo interativo a partir de experiências sensoriais com o público.

inter

inter2

A  Zero Hidrográfico // Chart Datum, intalação da dupla Gisela Motta & Leandro Lima, vai apresentar uma relação com a natureza através e referências às ondas do mar, na superfície. O que nos dá a sensação de deslocamento da água na verdade mostra o deslocamento do movimento da onda. Uma arte consciente, que visa falar sobre a alteração do nível das águas do mar, riscos que estão associados ao aquecimento global.

inter3

inter4

Já o estúdio Universal Everything desenvolveu uma instalação interativa, que busca e reproduz movimentos do corpo. A obra possui um cubo com projeções nos quatro lados. As imagens na tela são formadas por linhas fluídas, que correspondem à presença da pessoa.

inter5

inter6

Já os italianos Davide Quayola e Natan Sinigaglia resolveram apresentar a Flexure, uma vídeo instalação que visa aplicar as propriedades físicas da  flexibilidade e da elasticidade de uma escultura digital.

NATUREZA AMPLIFICADA: A Arte + Ciência da Forma, Flexibilidade + Liberdade
Data: de 4 a 8 de setembro – das 10h às 21h
Entrada Gratuita
Local: Armazém da Utopia
Av. Rodrigues Alves, s/nº ; Armazém 6 – Cais do Porto/Rio .

08/7/13

Light House

Concebido em colaboração com a empresa hi-fi Sonos, o estúdio SOFTLab criou essa interativa instalação, onde 600 lâmpadas fluorescentes reagem ao som. Alimentado por sub speakers, e sonoridade potente da empresa a “Light House” fica no meio do estúdio, que foi composto por quatro ambientes diferentes.

ii2

i3

Cada espaço foi preenchido com alto falantes e tubos de luz que reagem conforme as diferentes frequências musicais. Dessa forma os visitantes interagem com a exposição. Através do programa Sonos, é possível também  selecionar  músicas favoritas e ver como cada melodia evoca uma reação exclusiva do desempenho visual.

 Ficou curioso? Dá uma olhada no vídeo para ver a instalação na íntegra.

07/22/13

Luz infinita

Mais um trabalho com LED inspirador! Dessa vez mostramos aqui as instalações do artista alemão Hans Kotter, que “investiga” a dimensão da luz nessa hipnotizante série, feitas com espelhos e LEDs.

interpam

Com o intuito de mostrar a ilusão de um vortex de luz sem fim, Hans consegue fazer com que os expectadores visualizem diferentes cores (que são duplicadas) e um grande  infinito, criado pelo espelho que está no fundo das obras.

interpam3

interpam5

interpam4

A luz encanta através das suas infinitas variações, nos fazendo pensar nos contextos físicos, composições e cultura histórica. Em entrevista o artista alemão disse as descobertas e experiências que faz servem de base para a criação das suas artes.

Abaixo podemos ver o efeito ilusório da instalação:

07/15/13

Arte X Luz

Essa instalação de luz é hipnótica. Intitulada “Spin”,  ela mostra o surgimento de movimentos inusitados e como podemos vê-los claramente na escuridão. É uma extensão da cinética, que constrói formas e volumes de forma flexível.

inter

inter4

O desenvolvimento é uma fusão de dois processos criativos que fornecem um display visual estético, onde podemos ver uma demonstração analítica de como a luz pode executar e gerar uma freqüência de onda.

inter3

Incrível!