Instalação luminosa

Essa instalação de luzes que remete a uma tempestade de raio foi desenvolvida pelo arquiteto japonês Sou Fujimoto. O projeto teve a colaboração do estúdio londrino United Visual Artists (UVA),  que possui um vasto domínio em estruturas interativas, com som e luz.

i

i4

A ideia da parceria surgiu para destacar o trabalho de Sou, que representa artisticamente a nuvem Cumulus. Em entrevista o estúdio UVA disse que a intervenção foi complexa, já que trabalha o visual e o invisível ao mesmo tempo. A harmonização da obra foi detalhadamente estudada para que respeitasse a inspiração.

i2

Uma trilha sonora foi feita a partir de componentes elétricos. Para responder ao tipo de atividade luminosa, cada fragmento de som foi categorizado e numerado, a fim de produzir um efeito de “random” e nada linear.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *